alert-erroralert-infoalert-successalert-warningbroken-imagecheckmarkcontact-emailcontact-phonecustomizationforbiddenlockedpersonalisation-flagpersonalizationrating-activerating-inactivesize-guidetooltipusp-checkmarkIcons/Communication/USP/Cash-deliveryIcons/Communication/USP/Delivery-eveningIcons/Communication/USP/Delivery-same-dayIcons/Communication/USP/Delivery-storeusp-deliveryIcons/Communication/USP/Exchangeusp-free-returnsIcons/Communication/USP/Gift-cardIcons/Communication/USP/KlarnaIcons/Communication/USP/Salearrow-backarrow-downarrow-left-longarrow-leftarrow-right-longarrow-rightarrow-upbag-activebag-inactivecalendar-activecalendar-inactivechatcheckbox-checkmarkcheckmark-fullclipboardclosecross-smalldownloaddropdowneditexpandhamburgerhide-activehide-inactivelocate-targetlockminusnotification-activenotification-inactivepause-shadowpausepin-smallpinplay-shadowplayplusprofilereloadsearchsharewishlist-activewishlist-inactivezoom-outzoomfacebookgoogleinstagram-filledinstagrammessenger-blackmessenger-colorpinterestruntastictwittervkwhatsappyahooyoutube
adidas
adidas / março 2020

CURATED BY GIRLS: CAMPEÃS DA FEMINILIDADE NO MUNDO DA ARTE

Curated by GIRLS está trazendo inclusão a um espaço dominado pelos homens, preenchendo feeds e exposições com artistas emergentes do sexo feminino.

originals-ss20-superstar-drop2-curated-story-blog-secondary-1-all

No mundo artístico de hoje, os homens representam em torno de 87% dos creators em coleções permanentes, mas o time feminino por trás do grupo Curated by GIRLS está pronto para equilibrar este cenário. Entre suas plataformas digitais e exposições internacionais, a fundadora e CEO Laetitia Duveau e sua equipe, Igliona Duveau, Florentine Schlüter e soul Suleiman, estão dando às artistas um espaço para mostrar seu trabalho, seja online ou na vida real. "A ideia é espalhar amor e positividade, empoderar artistas e pessoas e mostrar uma visão diversa da feminilidade," diz Laetitia.

Somos quatro garotas, mas é uma comunidade maior com diversas pessoas envolvidas...Qualquer pessoa que tenha a mesma visão está contribuindo para a missão. - Laetitia Duveau.


originals-ss20-superstar-drop2-curated-story-blog-secondary-2-all

POSITIVIDADE É PODER

Cansadas da homogeniedade da comunidade artística, um pequeno coletivo canalizou seu descontentamento em uma plataforma de positividade. "Eu comecei o Curated by GIRLS quatro anos atrás, por frustração. É tipo, uma resposta para a falta de diversidade que estamos vendo no mundo artístico... e estávamos um pouco cansadas de pessoas dizendo como devíamos ser, agir, sentar, nos vestir e falar, por sermos mulheres," diz Laetitia. "Sentíamos que muitas pessoas estavam cansadas também, e precisavam de uma representação, uma central para se reunir."

A cada post, pop-up e mensagem poderosa, o Curated by GIRLS está mudando o mundo da arte para melhor, representando o impacto real do time Superstar. "Queremos apoiar artistas emergentes, quebrando o sistema e promovendo a mudança para o bem," diz Florentine. "Trazer mais aceitação ao mundo, seja própria ou dos outros," acrescenta Igliona. Agora, elas têm exibições na Europa, de Barcelona a Berlim, passando por Amsterdam, e muito amor nas mídias sociais pela positividade que levam a cada comunidade.

Nós representamos todas as mulheres... todos os seres humanos. - Laetitia Duveau e Igliona Duveau

originals-ss20-superstar-drop2-curated-story-blog-secondary-3-all

SOBRE ESPALHAR A ENERGIA COLETIVA

Curated by GIRLS está dando vida ao conceito "o coletivo faz a diferença", e obviamente elas são muito bem-vindas na família Superstar. "Quando estamos juntas, é uma inspiração para que as pessoas façam o mesmo. Se fosse apenas uma pessoa, ao invés do grupo, não seria o mesmo. Juntas, somos mais fortes e falamos mais alto." diz Laetitia. Temos esta energia coletiva e somos capazes de controlá-la e jogá-la de volta no mundo. As pessoas são muito receptivas a isso," acrescenta Soul.

Como verdadeiras transformadoras, as mulheres do Curated By GIRLS sabem que uma grande mudança começa com pequenos passos. "Não tem a ver só com a gente," diz Igliona. "É algo maior do que nós," Acrescenta Florentina. "Somos artistas e sabemos como é difícil ser ouvida ou vista. É por isso que estamos fazendo isso. Queríamos que alguém fizesse por nós, e estamos construindo esta plataforma para ajudar outras artistas, gays, qualquer pessoa..."diz Laetitia.


Informe-se e tente educar-se para entender ao outro, porque o fato de sermos todos diferentes é lindo. - Florentine Schlüter

SOBRE NÃO TER MEDO

Depois de passar muitos anos na indústria artística, o time por trás do grupo Curated by GIRLS sabe uma coisa ou outra sobre perseverança e autoconfiança. A principal dica delas para artistas emergentes: "Sua voz importa. As pessoas querem ouvir o que você tem a dizer. As pessoas precisam saber o que você tem a dizer," segundo Soul. "Mesmo quando a sua arte ainda tem muito a evoluir, talvez você seja capaz de olhar para trás e dizer 'uau, por que eu fiz isso,' foi por uma razão e isso faz parte de você, da sua evolução," diz Laetitia.

"Não há certo ou errado. É tudo parte do processo," dizem elas, terminando as sentenças uma das outras. Mas o que é a melhor coisa que você pode fazer? Apenas tente. "Não tenha medo de nada... Bata nas portas. O pior que pode acontecer é dizerem não," segundo Florentine. "Para muitas pessoas, o medo do não é pior do que o não, de fato.." Acrescenta Soul.

Se o Curated by GIRLS prova alguma coisa, é que a verdadeira transformação começa com os times que colocam positividade em tudo que fazem.

adidas / março 2020
Rótulos